Pocket Shows já esquentam para o 11º Se Rasgum

Postado em 10 de dezembro de 2016 por Gustavo Aguiar em Sem categoria

Falta menos de um mês para o 11º Festival Se Rasgum e a programação já começa a tomar as ruas e points da cidade com os Pocket Shows. Serão 6 apresentações com formato reduzido em lugares diferentes da cidade, com nomes paraenses que fazem parte do line up da edição desse ano, esquentando a mais ainda Belém do Pará no mês de outubro e preparando https://www.viagrasansordonnancefr.com/ o público para a semana do festival, no início de novembro. Esse ano, o Se Rasgum integrou em seus palcos novos nomes da cena musical do estado, que mostram a cara pela primeira vez no evento, com trabalhos fresquinhos e que também fazem o circuito de Pocket Shows.

As psicodélicas Zeromou e Semente de Maçã dividem o palco na última noite do Hangar, mas antes ocupam dois novíssimos viagra sans ordonnance espaços da cidade. A Zeromou, que acabou de lançar o primeiro disco, depois de 3 anos de atividade, toca na Da Braun, espaço gastronômico comandado por um trailer em pleno bairro do Umarizal, no dia 13/10. Já a estreante Semente de Maçã, que surgiu em 2016 na cena da cidade, toca no Old School Rock Bar no dia 28/10, num espaço reformado e de cara nova, sempre aberto pra cena autoral da cidade.

O pesquisador musical Lucas Estrela abre a programação pré-Festival Se Rasgum com um pocket show na Quitanda Bolonha, bar e restaurante que fica localizado no Mercado Francisco Bolonha, no Ver-o-Peso, um dos espaços que mais inspirou Lucas para compor o seu primeiro disco “Sal ou Moscou”, instrumental e de tecnoguitarradas. “Fiquei muito feliz com o convite pra tocar na quitanda Bolonha porque a região doVer-o-Peso, bem como o [bairro do] Comércio, foram (e ainda são) muito importantes no meu processo de composição e produção musical, recebendo influência de toda essa área da cidade que é tão viva e importante pra todos. No ano passado toquei com a Liège na Brigaderie e foi incrível ter o contato com o público bem de perto, de maneira intimista. Tô ansioso por essa experiência apresentando meu álbum na quitanda Bolonha esse ano”, comenta o artista.

A poesia e gingado do samba da amazônia também é contemplado com pocket shows de Arthur Espíndola e Pedro Vianna. Arthur, que já tocou no Festival, fará uma participação no show do mestre do samba e da bateria Wilson das Neves, e se apresenta no dia 23 de outubro, em frente ao Banco da Amazônia, na Av. Presidente Vargas, fazendo uma https://www.viagrasansordonnancefr.com/ apresentação de frente para a Praça da República. Já Pedro Vianna, apesar de já ter quase 20 anos de atuação musical, com diversos prêmios, lança seu primeiro disco no Se Rasgum 2016, abrindo a noite do Teatro Margarida Schivasappa, no dia 02 de novembro. No fim de semana anterior, dia 29/10, Pedro faz show pocket no Shopping Boulevard, apresentando seu novo trabalho e convidando o público para sua estreia no Se Rasgum.

Ocupando espaços diferenciados e que normalmente não recebem shows, a programação que esquenta o festival propõe encher Belém de música, do rock mais sujo ao acorde mais pop, seja em pubs, na rua ou em restaurantes. “Vai ser muito legal fazer essa história do pocket no Black Dog porque além da gente divulgar o nosso trabalho, a gente nunca tocou lá e o pub tem essa vibe bem intimista e tem a nossa cara”, concorda o músico Fil Alencar, guitarra do duo Blocked Bones, que também lança o primeiro disco no Festival Se Rasgum, abrindo a noite da sexta-feira, 04/11. Além dos pocket shows, o Festival também realiza ações de formação que são encontros de jornalistas, produtores, músicos de vários lugares do Brasil com os artistas e atores da cena paraense. “Eu acho que o Se Rasgum movimenta muita coisa na cidade. Ele sempre deixa esse clima de festividade em Belém. E pra quem participa é muito doido, porque os músicos, os artistas em geral, a produção e de vários setores da economia criativa ficam muito entrelaçados nesse período. As programações vão unindo a galera. O festival também dá a oportunidade não só pra assistir os shows, mas sim pra conhecer os músicos nas palestras e cursos, e isso é bem legal”, comenda Fil.


Confira a programação completa de Pocket Shows e programe-se:

06.10 (quinta) 19h

Lucas Estrela

Quitanda Bolonha (Mercado Francisco Bolonha, Ver-o-Peso – Boulevard Castilhos França)

 

13.10 (quinta) 19h

Zeromou (Da Braun – Tv. Dom Romulado de Seixas, 1519 – entre Rua Domingos Marreiros e Rua Antônio Barreto)

 

22.10 (sábado) 19h

Blocked Bones

Black Dog (Rua Bernal do Couto, 791 – entre Tv. Generalíssimo Deodoro e Tv. Dom Romualdo de Seixas)

 

23.10 (domingo) 11h

Arthur Espíndola

Banco da Amazônia (Av. Presidente Vargas, esquina com a Carlos Gomes)

 

28.10 (sexta) 19h

Semente de Maçã

Old School Rock Bar (Av. Wandenkolk, esquina com a Rua Antônio Barreto)

 

29.10 (sábado) 18h

Pedro Vianna

Shopping Boulevard (Av. Visconde de Souza Franco)